quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Contagem decrescente para o Natal


Eu e o menino do Trevo já tratamos da prenda da tia F. e do tio M. Já compramos também as prendas do pai Trevo e do tio P. Já cá temos a loiça de sala de jantar que faltava e uma coisa muito útil para a cozinha. Não apanhamos filas nem gente afectada com as compras de Natal. Agora vamos comprar a prenda da avó M. Quanto às compras para o resto da família que este Natal fica a uma distância enorme de nós só vou comprar as prendas depois do Natal para aproveitar as promoções porque de facto só vamos estar com eles no Ano Novo.

domingo, 21 de dezembro de 2014

Trevolândia em modo Natal

Ontem tivemos duas festas de natal e um aniversário. Hoje fomos comprar mais loiça de a sala de jantar para fazer face ao ajuntamento que se vai ser aqui em casa. Já compramos a prenda mais especial, a prenda do príncipe. Comprámos também uma coroa de Natal que já está na porta e é um sinal que nesta casa se recebe bem os convidados. Já encomendamos alguns doces. Já tenho a ementa feita e a lista da compras a fazer amanhã no supermercado. Estou apreensiva pois este stress natalício costuma de "cabo dos nervos". Natal e bipolaridade é uma coisa que não combina. Por isso tirei férias nestes dias para fazer tudo com mais calma. O Natal é muito bom, é óptimo ter a família reunida, as comidas são gostosas mas no fundo eu estou desejando que chegue a manhã do dia 26 sem descompensar em nenhum momento.

Constatações da meia idade #2

Dás conta que o tempo passou depressa quando o teu filho mais novo comenta no carro:
- Mãe, esta rádio (a rádio Comercial) dá musicas antigas muito boas.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Constatações da meia idade

Sentes que envelheces, não quando aparecem mais cabelos brancos mas quando o teu bebé pequenino deixa de ver as séries do Disney Channel e passa a ver as do SyFy.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

A boa da insónia

Sem razão aparente começas a acordar a meio da noite. Não tens sono mas as horas que ficas acordada fazem diferença no teu descanso. Ajustas a medicação conforme a tua medica te indicou porém isso não faz diferença. Assim tens de ir à tua medica mas nesse dia tens uma reunião muito importante à qual não podes faltar. Adias e continuas sem dormir. Ficas rota com o cansaço acumulado, exausta com o trabalho e sem paciência para as tarefas domésticas. É assim uma parte da vida de um bipolar.

Musica do Trevo #28


sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Musica do Trevo #27


Musicado Trevo #26


O meu peso normal foi sempre os 48 kg mas estando maníaca  ficava próxima dos 40 kg. Hoje, e com os efeitos secundários da medicação, tenho 75 kg , ou seja já fui um corpo de flauta e agora sou una viola.. Sou uma viola mas sou feliz.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Tristeza

Um país que tem um caso Sócrates, um caso BES, um caso dos vistos gold, o caso dos submarinos, o caso BPN, o caso dos robalos e outros tantos é apenas um país triste, muito triste.

domingo, 23 de novembro de 2014

Pimpolho vaidoso

- Mãe, o elevador da casa da tia T. não presta.
- Ai é?
- Sim, não tem espelho e assim uma pessoa não pode ver se está gira.

Fim de semana do Trevo

Se nos últimos fins de semana temos andado em festivais, aberturas de lojas e jantares com amigos e família querida, este fim de semana foi mais caseiro.
Assim, além de ficarmos aparvalhados com a detenção do antigo primeiro ministro, temos andado em arrumações, a escolher roupa e brinquedos do pimpolho para dar e a montar uma estante no quarto da princesa para pôr toda a sua literatura. Enfim, esta casa levou uma volta que precisava à muito tempo  e está a começar a estar preparada para receber o Natal.
Mesmo assim ainda tivemos tempo para um almoço de família e à noite ainda vamos ter um jantar com outra parte da família querida.

Musica do Trevo #25


Esta bem que poderia ser a banda sonora das minhas insónias


Party girls don't get hurt
Can't feel anything, when will I learn
I push it down, push it down
I'm the one "for a good time call"
Phone's blowin' up, they're ringin' my doorbell
I feel the love, feel the love

1,2,3 1,2,3 drink
1,2,3 1,2,3 drink
1,2,3 1,2,3 drink
Throw 'em back, 'til I lose count

I'm gonna swing from the chandelier, from the chandelier
I'm gonna live like tomorrow doesn't exist
Like it doesn't exist
I'm gonna fly like a bird through the night, feel my tears as they dry
I'm gonna swing from the chandelier, from the chandelier
But I'm holding on for dear life, won't look down won't open my eyes
Keep my glass full until morning light, 'cos I'm just holding on for tonight
Help me, I'm holding on for dear life, won't look down won't open my eyes
Keep my glass full until morning light, 'cos I'm just holding on for tonight
On for tonight
Sun is up, I'm a mess
Gotta get out now, gotta run from this
Here comes the shame, here comes the shame

1,2,3 1,2,3 drink
1,2,3 1,2,3 drink
1,2,3 1,2,3 drink

I'm gonna swing from the chandelier, from the chandelier
I'm gonna live like tomorrow doesn't exist
Like it doesn't exist
I'm gonna fly like a bird through the night, feel my tears as they dry
I'm gonna swing from the chandelier, from the chandelier
Songwriters

sábado, 22 de novembro de 2014

Schedule matinal do pimpolho

2 min - vestir e calçar
4 min - tomar o pequeno almoço
calhando - lava os dentes
30 min - pentear o cabelo

Pipoca na cozinha - Envenenados por louro

Às quintas-feiras à noite a mãe Trevo tem ioga e o pai  Trevo tem alemão. Assim, cabe à princesa fazer o jantar. Uma destas quintas a pimpolha fez bifes com natas e cogumelos e quando eu cheguei a casa ela serviu-me um pratinho da sua iguaria. À primeira garfada estranhei o sabor e comentei :
- Ò C., quanta quantidade de louro puseste na comida?
- Ora mãe, pus meio frasco de louro (um frasco de doce, note-se). Achas que pus pouco?
- Devia ter sido só uma folhinha.
- Ah!



Para compensar, uns dias de pois, ela fez um bolo mármore que estava muito bom e desapareceu enquanto um diabo esfrega um olho.

sábado, 15 de novembro de 2014

Coisas estranhas que oiço sem estar doente

- Penso que as chefias devem tirar as devidas inalações sobre o silêncio dos funcionários relativamente à questão colocada.

domingo, 9 de novembro de 2014

Legionella

Das minhas janelas avisto a zona sul do concelho de Vila Franca. Avisto as torres de refrigeração. Tenho colegas e amigos que vivem nas zonas afectadas. De ontem para hoje os casos duplicaram. Há gente a morrer. Tudo tão perto. Sinto-me apreensiva com tudo isto. Espero que se encontre o foco, que isto acalme, que se dê a volta a esta situação.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Sentes que eles cresceram de repente quando...

... o teu filho de 10 anos teima em fazer os TPC à maneira dele e não como o aconselhas a fazer.
... descobres que a tua criança mais nova começou a cheirar mal dos sovacos cheia de feromanas masculinas.
... a tua criança mais velha te comunica que o trabalho em que colabora pontualmente vai passar a ser diário (embora a tempo parcial mas mesmo assim assustador, pois ela ainda tem o 12º para concluir e tem notas para ir para universidade).
... a tua menina pergunta se pode levar uma pessoa para jantar no próximo fim de semana, sendo que a pessoa é macho, tem barba e 18 anos.

sábado, 1 de novembro de 2014

Maioridade


Esta semana fez dezoito anos que nasceu a Pipoca. Apesar de ter nascido de 37 semanas nasceu grande, cheia de refegos, com imenso cabelo, preto e rebelde. Um verdadeiro bebé dodot. 
Nestes últimos dezoito anos a Princesa cresceu, é uma rapariga bonita, interessante e empreendedora. Continua a ser uma boa aluna e está no bom caminho para entrar no curso que quer. Consegue conciliar a escola, com o trabalho e uma disciplina tão exigente como ballet. E mesmo estando tão ocupada ainda me consegue ajudar em casa. Por último há a salientar o juizinho que ela tem e a nossa cumplicidade. Eu não podia estar mais orgulhosa com este meu rebento que atinge agora a maioridade.
Pronto: agora podem me dar um lençol.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Musica do Trevo #24


A minha Budapeste é o Algarve e o meu baby é um senhor barbudo e grisalho de olhos verdes.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Cansaço

Estou tão cansada que hoje colocaram-me uns papéis nos limpa pára brisas do carro e fiz kms com aquilo colado aos vidros.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Musica do Trevo #23


São os Voxels, são portugueses e têm a música perfeita para estes dias de calor em que apetece voltar para a praia.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Notícias que me irritam a alma #1

A propósito desta decisão do Supremo Tribunal Administrativo que é de arrepiar tenho a dizer o seguinte:

1º - Estão a ver os adolescentes e jovens adultos dos anos 60 e 70. Aqueles das greves académicas, os que foram pioneiros a fumar substâncias estranhas, os foram perseguidos pela Pide, os que tiveram que emigrar por razões políticas ou económicas, aqueles que gramaram com a guerra colonial, aquelas que começaram a evadir o mercado de trabalho, as primeiras a usar mini-saia, as pioneiras no uso da pílula, aqueles que conseguiam ler nas entrelinhas, os que trocavam, às escondidas, discos e livros proibidos, o pessoal do People and Love, do Freedom, dos Beatles, do Zeca Afonso e dos demais e por fim aqueles que começaram uma revolução de mentalidades inclusive a nível sexual, esses jovens têm hoje entre 60  a 70 quiça 80 anos. Pois bem essa malta agora entope-me a caixa de correio com mails todos os dias (principalmente mails a dizer mal do governo), passa mais horas no FB que os próprios netos, invadem as piscinas em aulas de hidroginástica, fazem petiscadas com antigos camaradas de armas, levam e trazem os netos às escolas, à natação e ao violino, fazem caminhadas de 24 km, recordam os episódios em que distribuíam, às escondidas, O Avante, fazem férias com os amigos desde o tempo da primária, discutem literatura e política com os netos adolescentes, fazem reuniões com toda a família nas pascoas e natais desta vida. Pois bem, vocês acham que este pessoal, que fez e faz tudo isto, não praticam o amor. 

2º caso - Eu, sou bipolar e tenho 2 filhos (gostava de ter mais um).
2a - Filhos - É voz corrente que os bipolares não devem ter filhos que e tal é complicado e depois assim e dá uma crise e mais um trecolareco. Tudo tretas eu tive dois e quando foi do segundo já sabia que padecia de uma doença mental (não sabia era qual) mas fui bem seguida e tudo correu muito bem. Por isso, por aqui e desde que eu consiga convencer o Sr, Trevo (a ter outro filho, é evidente) preciso dos meus órgãos sexuais inteirinhos.  Até que, a bem da nação, há interesse que os casais tenham mais filhos.
2b - Prazer bipolar - Pois aqui está uma grande questão. Quem toma a quantidade de lítio, olanzapina e ácido valpróico como eu não têm líbido, zero, niqules, rien de rien. Mas acontece que isso se passa no cérebro que é o nosso maior órgão sexual e uma pessoa, como eu, consegue dar volta à falta de desejo com afecto, amor, carinho e boas recordações. É um preço muito alto a pagar podem pensar mas eu vejo mais como uma etapa. Por outro lado eu não sou uma unidade, faço parte de um casal e é importante para o nosso relacionamento o acto do amor.Por isso por aqui também preciso de ficar intacta.
2c - A Idade - Eu tenho 45 anos, é verdade, tenho uma filha a fazer 18 anos. Estou num relacionamento há muitos anos mas sinto-me jovem, com sede de viver, adoro música, ler, estar com os amigos, as traquinices do pimpolho, discutir livros com a princesa, ir dar um pé de dança, uma cuba livre (uma apenas) e tudo o resto. Os quarenta são os antigos 30 (com a vantagem de já termos filhos crescidos).e eu gosto de ainda me sentir sexy. Como seria se me acontecesse o mesmo que aconteceu a esta senhora. Para mim era trágico.

Pronto tenho dito. Agora tenho que ir tratar do Pimpolho que ele amanhã tem teste de Matemática.

sábado, 18 de outubro de 2014

Assertividade

Pimpolho - Pai, pões-me água no copo, se faz favor.
Pai (a testar) - Queres o copo meio cheio ou meio vazio?
Pimpolho - Nem uma coisa nem outra, quero o copo médio.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Epopeia

Sábado de manhã o pimpolho acordou com dores nas pernas e dificuldade em andar. Domingo como mantinha as mesmas queixas fomos com ele ao hospital. Fez análises e raios xs, foi observado pelo neurologista que achou melhor fazer uma eco que só podia ser feita na segunda. Depois de passarmos boa parte do domingo no hospital voltamos na segunda de manhã e só voltamos à à noite. Andamos das análises (onde o príncipe se portou muito bem) para o rx, do rx para a eco, daí para o ortopedista, de novo para o rx e para a eco, depois para o ortopedista, depois para pediatria e de novo para o neurologista. Conclusão voltar de novo na quarta para ser reavaliado.
Ok, mas acontece que quando o pimpolho veio para casa já vinha mal disposto e começou a vomitar por volta das 10 e foi assim a noite toda. Com os vómitos veio a febre e lá fomos de manhã de novo ao hospital. Teve que ser visto de novo pelo neurologista e o pediatra que o assistiu diagnosticou-lhe uma gastrite viral apanhada, quase de certeza, na sala de espera do hospital. Tomou uma mistela para hidratar.
Voltamos para casa por volta das sete e meia, tenho a casa de pantanas e amanhã lá vamos nós de volta para o hospital. Todos os médicos são de opinião que ele não tem nada de neurológico mas precisam de avaliar cuidadosamente para terem a certeza que não há nada mesmo.
O hospital onde o J. tem ido nos últimos dias é um hospital publico, onde os médicos têm sido muito profissionais e rigorosos a avaliar os sintomas do pimpolho. É verdade que durante os últimos dias temos  apanhado grandes secas mas também é certo que o pimpolho foi bem analisado e isso deixa-me mais descansada e a acreditar que vale a pena investir no nosso modelo de Serviço Nacional de Saúde. 

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Resumindo a história do ébola é isto

O irmão do C. trabalha em Luanda. O C. andava preocupado com o irmão por causa do ébola. Angola é um país africano, as condições de higiene não são as melhores e há falta de saneamento básico.
Porém, desde ontem, é o irmão do C. que anda preocupado. Portugal fica muito mais próximo de Madrid que os países da África Ocidental a Luanda e não se percebe muito bem como, com tantos cuidados, a auxiliar espanhola foi contaminada. 
E, segundo um estudo apuradíssimo realizado pelo meu centro de sondagens o irmão do C. anda preocupado, o C. e mais 10 milhões de portugueses. 

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Um cheirinho sobre os meus serões


Depois de um dia de trabalho, depois de andar a correr a levar a minha bailarina aos ensaios. Depois de jantar às 9 e meia. Depois de arrumar a cozinha, depois de pôr uma máquina de roupa a lavar, depois de pôr o pimentinha a dormir, sento-me finalmente no sofá a curtir os meus lavores e o que tenho que gramar....uhm...o canal Deutsche Welle que é o canal alemão de notícias muito apreciado pelo senhor do Trevo. Agh.....

sábado, 27 de setembro de 2014

Prémio: Percebe mesmo de revistas cor de rosa

Ao ver o telejornal:
Trevo Man: Olha o George Clooney vai casar?
Esta que sou eu: Vai.
Trevo Man: Mas ele não era casado?
Esta que sou eu: Não, ele era o solteirão mais cobiçado de Hollywood.
Trevo Man: Eu ia jurar que o homem era casado.
Esta que sou eu: Pois.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Musica do Trevo #22


Um dos segredos para ser bipolar e ser normal, para além dos medicamentos, é termos sempre perto uma mão verdadeira amiga para nos recarregar de energia positiva. Mas acho que isto se aplica a todas as pessoas, bipolares ou não.

Musica do Trevo #21


É que é mesmo isso

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Musica do Trevo #20


Coisas que eu sei

Sei que o tempo vai ficar mais cinzento quando os dias começam a ficar mais curtos, quando uso um casaco pela manhã, quando começo a usar meias e quando deixo a manteiga fora do frigorífico. Sei também isso quando percorro as minhas ruas e me cheira a terra molhada. Sei isto tudo mas também sei que o final de Setembro ainda não é altura para esse tempo. :((

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Elucidativo

Mãe: O que almoças-te hoje?
Pimpolho: Uma carne.
Mãe: Com quê?
Pimpolho: Com coisas.
Mãe: Uhm... E comes-te a sopa?
Pimpolho: Acho que sim.
Mãe: Achas que sim ou achas que não?
Pimpolho: Não sei, depois aconteceram umas coisas e agora não sei.
Mãe: Que coisas?
Pimpolho: Ora coisas. Não me apetece explicar.
Mãe: Pois. E no apoio o que fizeram?
Pimpolho: Olha cenas.
Mãe: Ah! E já tens muitos amigos?
Pimpolho: Tenho o Y. e o D.
Mãe: E os outros colegas são fixes?
Pimpolho: Olha mãe, não me apetece falar.

Pronto e é isto. Ao fim de uma semana de aulas pouco mais sei...

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Musica do Trevo #18


Gosto da musica, o video dá que pensar.

Experiências do Trevo

- Pai, viste a meteorologia? Como é que vai estar o tempo amanhã?
- Vai estar cinzento e chuvoso como hoje.
- Oh mãe, o que queima mais depressa, folhas secas ou papel de jornal?
- Mas J. precisas de saber isso tudo porquê?
- Ora mãe, eu preciso de saber pois ando a tentar queimar folhas secas e papel de jornal com a lupa mas não consigo. Acho que é por causa do tempo.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Desafio

A Maria do Blog A Próxima Curva desafiou-me a responder a este inquérito e ele aqui vai:

1. Você não sai de casa sem...as chaves de casa e os telemóveis, o pessoal e o de serviço. (A vida de um bipolar tem de seguir regras, medicação, horários a cumprir e passos a dar por isso é muito importante para mim verificar se tenho estes artigos pois a minha tranquilidade e o meu equilíbrio dependem disso pois ao contrário eu entro um pânico).

2. Animal favorito...o cão (Gostávamos de ter um mas vivemos num apartamento, há sempre o problema de levar o cão à rua, não me estou a ver de Inverno à chuva e ao frio a passear o cão e temos a questão do meu humor não ser constante o que não ajuda a tratar do bicho)

3. Sapato favorito...com a medicação os pézinhos de uma bipolar ficam inchaditos e chegam a aumentar dois números, assim o sapato a usar tem de ser superconfortável

4. Produto de maquilhagem indispensável...Pérolas bronzeadoras. Este produto produz o efeito saudável de teres andado ao Sol e isso é muito importante porque assim sempre que lavas as mãos e te olhas ao espelho vês um rosto cheio de energia positiva. É tão bom como um antidepressivo.

5. Maior sonho...Ter mais uma criança. Mas não vai ser possível e não é pela minha doença, as minhas gravidezes de alto risco ou termos a família a 300 km de distância. É mesmo por causa da crise que também se abateu sobre a Trevolândia. Não podendo cumprir este sonho a minha maior meta é ler todos os livros bons e possíveis antes de morrer.

6. Maior defeito...A medicação para prevenir crises maníacas provoca desaceleração e isso parecesse com preguiça, uma preguiça medicamentosa e necessária mas que me impede de fazer tudo aquilo que quero.

7. O que irrita nas pessoas...A hipocrisia

8. Comida favorita...Adoro cozinha de batatas (prato típico do barrocal algarvio feito com batatas, pão caseiro, ovos de galinhas do campo e feijão verde biológico - feito pela minha mamã é de comer e chorar por mais) e Mars gelado (dar uma tricadela produz uma quantidade enorme de serotonina)

9. Doce ou salgado...Salgado

10. O que me deixa feliz...Ter os meus amigos e a minha família reunida em harmonia.

11. Escolher 5 blogues para este desafio...Ora eu não "conheço" cinco bloguers e ninguém é obrigado a responder, aqui estão eles:

Mãe bipolar, filha Jacaré

Nota: Este post foi publicado com um problema na imagem das pérolas que teimam em não sair daqui... desisto

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Friozinho na barriga

Hoje tenho um friozinho na barriga. Começaram as aulas do 5.º ano do meu menino numa escola diferente. Antes, e desde que a minha licença de parto terminou, o meu pimpolho andou sempre no mesmo colégio. Contando com os anos em que a irmã lá andou foram 17 anos seguidos a caminhar para a mesma instituição. Mas precisávamos de encontrar outra solução, a direção do colégio não queria inserir decreto-lei 3/2008 e o nosso filhote, com défice de atenção, precisa de ser devidamente acompanhado. Por isso, e também pela parte económica, resolvemos colocá-lo no ensino público. O processo de transição do J. de escola foi verdadeiramente kafkiano. Por exemplo a meio de agosto ainda não tinha vaga, houve uma altura que não sabiam do processo e na quinta-feira passada estava matriculado numa turma de 6.º ano. Mas pronto, tudo se resolveu.

Sexta-feira foi apresentação da escola nova. A exposição sobre escola feita pelos professores foi excelente, ficámos a conhecer tudo. Verificámos que por um lado a escola é enorme mas por outro lado não tem as mesmas condições. A biblioteca é simpática, assim como o refeitório e o bar. Não há auditório. Os campos não são de relva sintética e não há piscina. Porém tanto a directora de turma como os elementos da direcção mostraram imensa abertura, disponibilidade e dedicação. Foi um bom prenúncio. Espero que assim se mantenha. 
Já fui buscar o rapaz mas ele não dá muita conversa. Quando lhe faço perguntas diz que sou chata. Parece-me satisfeito mas está mais interessado em ver o Disney Channel. Conclusão: deve estar tudo bem.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Bodas de ouro


A 6 de Setembro celebrou-se um casamento ralhado que já deu muitos frutos. Passados 50 anos voltaram-se a reunir muitos dos que estiveram presentes nessa data. É verdade que outros, pela lei da vida, não puderam estar presentes mas foram compensados por tantos outros que nasceram entretanto. Foi lindo ter tanta família e tantos amigos. Estou muito orgulhosa dos meus papás. E posso dizer que 50 anos não é um fim, é uma continuação, é uma boa altura para fazer projectos, programar férias e mudar de casa. Ao J. e à C. desejo que gozem este casamento por muitos e longos anos. 

Pimpolho vaidoso

- J. porque razão andas com o boné se hoje tem chovido que se farta?
- Oh mãe isto não é um boné, é um cap e não serve para o sol, é um acessório.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Electrodoméstico tentador

Por causa da nova dose de olanzapina engordei imenso desde da segunda semana de Agosto. Agora para mal dos meus pecados e devido a tanta rambóia tenho o frigorífico cheio com os restos das seguintes tentações:
- mousse de maracujá;
- mousse de manga;
- bolo de maçã com passas e canela;
- queijos vários;
- dois tipos de paté.

Não posso lá ir, não posso lá ir...
Domingo vou entrar em dieta. Ponto final!

Clube dos Poetas Mortos


Durante as minhas férias em alcateia fui surpreendida com a morte do actor Robin Williams e com  contraste entre a atitude que ele tomou e a sua alegria nos papéis que ele representou. Mas a doença bipolar é assim, pode levar tanto a este extremo como ao outro. Podemos dizer que tudo se resolve com força de vontade e medicação mas não é assim. A bipolaridade é uma doença química, uma pessoa descompensa mesmo sem razão aparente e depois pode ser difícil de compensar. Por outro lado com medicação fica-se entre a espada e a parede, de um lado tens a doença e do outro os horríveis efeitos secundários. Não é fácil e quando se está no estado mais profundo da doença, é completamente penoso.
Para sempre ficam as suas representações e o seu sorriso contagiante.  

terça-feira, 2 de setembro de 2014

E a rambóia continua

1. Hoje aniversário do Pai Trevo;
2. Amanhã aniversário da Tia Trevo mais nova;
3. Sexta à noite fazemos 300 km para ir ao aniversário da Sobrinha Trevo Gémea mais velha;
4. Sábado Bodas de Ouro dos Avós Trevo;
5. Sábado à noite aniversário da Sobrinha Trevo mais nova.

Continuo em hipomania e tem havio alguns problemas kafkianos com a escola do Rapaz Trevo mas com um calendário destes tudo se supera.

domingo, 3 de agosto de 2014

Big Brother

"À medida que se avança na civilização, a liberdade é menos importante."
António Oliveira Salazar

Dá que pensar, não dá?

Caso BES

O que estamos a assistir não é um desmoronamento de um banco. É sim, ao desmoronamento de um país e à delapidação das finanças públicas com todas as consequências que daí advêm. Menos ensino, menos saúde, menos justiça e menos apoio social.

sábado, 2 de agosto de 2014

Uma família muito desassossegada

A tia Trevo mais nova está em Pequim numa digressão.
A outra tia Trevo está com o tio Trevo nº 2 e as sobrinhas Trevo de férias nos Picos da Europa.
Uma avó Trevo foi hoje para a Covilhã.
O rapaz do Trevo, depois de vir de Paris, está com os outros avós do Trevo de férias no Algarve. Sendo que estes avós Trevo conseguem conhecer mais países e lugares que os pais Trevo que já por si são dados ao reboliço.
O tio Trevo nº 1 conhece tantos países no mundo que era um aborrecimento estar para aqui a enumerá-los.
O tio Trevo nº 3 tem viajado menos mas a adolescência dele foi passada na Alemanha.
E a mais irrequieta de todos, veio de Paris, foi para o Algarve em trabalho, vem à Trevolândia tratar de uns assuntos e vai na próxima terça para Londres. Isto tudo depois de ter estado na Catalunha pela Páscoa.
E é isto, o Mundo é o nosso quintal.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

domingo, 20 de julho de 2014

Amanhã

À conquista do Tejo

Hoje os homens do Trevo acordaram muito cedo para aproveitar a maré cheia. Equiparam-se e foram encontrar-se com uns amigos na foz do Trancão. Desceram o rio de canoa até ao Oceanário e voltaram a subir. O meu rapaz veio contando que foi "atacado" por peixes. Chegaram exaustos, com uma mochila cheia de roupa molhada mas muito contentes.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Sexta à noite

Hoje o dia foi mau. Péssimo. Depois falo sobre isso.
Mas agora tenho três crianças espojadas na sala e duas adolescentes a fazer o jantar.
O pai vem tarde.
Já pus a mesa.
Entretanto vou dobrar meias. De quatro pessoas.
Adoro casas cheias e tarefas banais.