segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Musica do Trevo #24


A minha Budapeste é o Algarve e o meu baby é um senhor barbudo e grisalho de olhos verdes.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Cansaço

Estou tão cansada que hoje colocaram-me uns papéis nos limpa pára brisas do carro e fiz kms com aquilo colado aos vidros.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Musica do Trevo #23


São os Voxels, são portugueses e têm a música perfeita para estes dias de calor em que apetece voltar para a praia.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Notícias que me irritam a alma #1

A propósito desta decisão do Supremo Tribunal Administrativo que é de arrepiar tenho a dizer o seguinte:

1º - Estão a ver os adolescentes e jovens adultos dos anos 60 e 70. Aqueles das greves académicas, os que foram pioneiros a fumar substâncias estranhas, os foram perseguidos pela Pide, os que tiveram que emigrar por razões políticas ou económicas, aqueles que gramaram com a guerra colonial, aquelas que começaram a evadir o mercado de trabalho, as primeiras a usar mini-saia, as pioneiras no uso da pílula, aqueles que conseguiam ler nas entrelinhas, os que trocavam, às escondidas, discos e livros proibidos, o pessoal do People and Love, do Freedom, dos Beatles, do Zeca Afonso e dos demais e por fim aqueles que começaram uma revolução de mentalidades inclusive a nível sexual, esses jovens têm hoje entre 60  a 70 quiça 80 anos. Pois bem essa malta agora entope-me a caixa de correio com mails todos os dias (principalmente mails a dizer mal do governo), passa mais horas no FB que os próprios netos, invadem as piscinas em aulas de hidroginástica, fazem petiscadas com antigos camaradas de armas, levam e trazem os netos às escolas, à natação e ao violino, fazem caminhadas de 24 km, recordam os episódios em que distribuíam, às escondidas, O Avante, fazem férias com os amigos desde o tempo da primária, discutem literatura e política com os netos adolescentes, fazem reuniões com toda a família nas pascoas e natais desta vida. Pois bem, vocês acham que este pessoal, que fez e faz tudo isto, não praticam o amor. 

2º caso - Eu, sou bipolar e tenho 2 filhos (gostava de ter mais um).
2a - Filhos - É voz corrente que os bipolares não devem ter filhos que e tal é complicado e depois assim e dá uma crise e mais um trecolareco. Tudo tretas eu tive dois e quando foi do segundo já sabia que padecia de uma doença mental (não sabia era qual) mas fui bem seguida e tudo correu muito bem. Por isso, por aqui e desde que eu consiga convencer o Sr, Trevo (a ter outro filho, é evidente) preciso dos meus órgãos sexuais inteirinhos.  Até que, a bem da nação, há interesse que os casais tenham mais filhos.
2b - Prazer bipolar - Pois aqui está uma grande questão. Quem toma a quantidade de lítio, olanzapina e ácido valpróico como eu não têm líbido, zero, niqules, rien de rien. Mas acontece que isso se passa no cérebro que é o nosso maior órgão sexual e uma pessoa, como eu, consegue dar volta à falta de desejo com afecto, amor, carinho e boas recordações. É um preço muito alto a pagar podem pensar mas eu vejo mais como uma etapa. Por outro lado eu não sou uma unidade, faço parte de um casal e é importante para o nosso relacionamento o acto do amor.Por isso por aqui também preciso de ficar intacta.
2c - A Idade - Eu tenho 45 anos, é verdade, tenho uma filha a fazer 18 anos. Estou num relacionamento há muitos anos mas sinto-me jovem, com sede de viver, adoro música, ler, estar com os amigos, as traquinices do pimpolho, discutir livros com a princesa, ir dar um pé de dança, uma cuba livre (uma apenas) e tudo o resto. Os quarenta são os antigos 30 (com a vantagem de já termos filhos crescidos).e eu gosto de ainda me sentir sexy. Como seria se me acontecesse o mesmo que aconteceu a esta senhora. Para mim era trágico.

Pronto tenho dito. Agora tenho que ir tratar do Pimpolho que ele amanhã tem teste de Matemática.

sábado, 18 de outubro de 2014

Assertividade

Pimpolho - Pai, pões-me água no copo, se faz favor.
Pai (a testar) - Queres o copo meio cheio ou meio vazio?
Pimpolho - Nem uma coisa nem outra, quero o copo médio.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Epopeia

Sábado de manhã o pimpolho acordou com dores nas pernas e dificuldade em andar. Domingo como mantinha as mesmas queixas fomos com ele ao hospital. Fez análises e raios xs, foi observado pelo neurologista que achou melhor fazer uma eco que só podia ser feita na segunda. Depois de passarmos boa parte do domingo no hospital voltamos na segunda de manhã e só voltamos à à noite. Andamos das análises (onde o príncipe se portou muito bem) para o rx, do rx para a eco, daí para o ortopedista, de novo para o rx e para a eco, depois para o ortopedista, depois para pediatria e de novo para o neurologista. Conclusão voltar de novo na quarta para ser reavaliado.
Ok, mas acontece que quando o pimpolho veio para casa já vinha mal disposto e começou a vomitar por volta das 10 e foi assim a noite toda. Com os vómitos veio a febre e lá fomos de manhã de novo ao hospital. Teve que ser visto de novo pelo neurologista e o pediatra que o assistiu diagnosticou-lhe uma gastrite viral apanhada, quase de certeza, na sala de espera do hospital. Tomou uma mistela para hidratar.
Voltamos para casa por volta das sete e meia, tenho a casa de pantanas e amanhã lá vamos nós de volta para o hospital. Todos os médicos são de opinião que ele não tem nada de neurológico mas precisam de avaliar cuidadosamente para terem a certeza que não há nada mesmo.
O hospital onde o J. tem ido nos últimos dias é um hospital publico, onde os médicos têm sido muito profissionais e rigorosos a avaliar os sintomas do pimpolho. É verdade que durante os últimos dias temos  apanhado grandes secas mas também é certo que o pimpolho foi bem analisado e isso deixa-me mais descansada e a acreditar que vale a pena investir no nosso modelo de Serviço Nacional de Saúde. 

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Resumindo a história do ébola é isto

O irmão do C. trabalha em Luanda. O C. andava preocupado com o irmão por causa do ébola. Angola é um país africano, as condições de higiene não são as melhores e há falta de saneamento básico.
Porém, desde ontem, é o irmão do C. que anda preocupado. Portugal fica muito mais próximo de Madrid que os países da África Ocidental a Luanda e não se percebe muito bem como, com tantos cuidados, a auxiliar espanhola foi contaminada. 
E, segundo um estudo apuradíssimo realizado pelo meu centro de sondagens o irmão do C. anda preocupado, o C. e mais 10 milhões de portugueses. 

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Um cheirinho sobre os meus serões


Depois de um dia de trabalho, depois de andar a correr a levar a minha bailarina aos ensaios. Depois de jantar às 9 e meia. Depois de arrumar a cozinha, depois de pôr uma máquina de roupa a lavar, depois de pôr o pimentinha a dormir, sento-me finalmente no sofá a curtir os meus lavores e o que tenho que gramar....uhm...o canal Deutsche Welle que é o canal alemão de notícias muito apreciado pelo senhor do Trevo. Agh.....