sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Musica do Trevo #27


Musicado Trevo #26


O meu peso normal foi sempre os 48 kg mas estando maníaca  ficava próxima dos 40 kg. Hoje, e com os efeitos secundários da medicação, tenho 75 kg , ou seja já fui um corpo de flauta e agora sou una viola.. Sou uma viola mas sou feliz.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Tristeza

Um país que tem um caso Sócrates, um caso BES, um caso dos vistos gold, o caso dos submarinos, o caso BPN, o caso dos robalos e outros tantos é apenas um país triste, muito triste.

domingo, 23 de novembro de 2014

Pimpolho vaidoso

- Mãe, o elevador da casa da tia T. não presta.
- Ai é?
- Sim, não tem espelho e assim uma pessoa não pode ver se está gira.

Fim de semana do Trevo

Se nos últimos fins de semana temos andado em festivais, aberturas de lojas e jantares com amigos e família querida, este fim de semana foi mais caseiro.
Assim, além de ficarmos aparvalhados com a detenção do antigo primeiro ministro, temos andado em arrumações, a escolher roupa e brinquedos do pimpolho para dar e a montar uma estante no quarto da princesa para pôr toda a sua literatura. Enfim, esta casa levou uma volta que precisava à muito tempo  e está a começar a estar preparada para receber o Natal.
Mesmo assim ainda tivemos tempo para um almoço de família e à noite ainda vamos ter um jantar com outra parte da família querida.

Musica do Trevo #25


Esta bem que poderia ser a banda sonora das minhas insónias


Party girls don't get hurt
Can't feel anything, when will I learn
I push it down, push it down
I'm the one "for a good time call"
Phone's blowin' up, they're ringin' my doorbell
I feel the love, feel the love

1,2,3 1,2,3 drink
1,2,3 1,2,3 drink
1,2,3 1,2,3 drink
Throw 'em back, 'til I lose count

I'm gonna swing from the chandelier, from the chandelier
I'm gonna live like tomorrow doesn't exist
Like it doesn't exist
I'm gonna fly like a bird through the night, feel my tears as they dry
I'm gonna swing from the chandelier, from the chandelier
But I'm holding on for dear life, won't look down won't open my eyes
Keep my glass full until morning light, 'cos I'm just holding on for tonight
Help me, I'm holding on for dear life, won't look down won't open my eyes
Keep my glass full until morning light, 'cos I'm just holding on for tonight
On for tonight
Sun is up, I'm a mess
Gotta get out now, gotta run from this
Here comes the shame, here comes the shame

1,2,3 1,2,3 drink
1,2,3 1,2,3 drink
1,2,3 1,2,3 drink

I'm gonna swing from the chandelier, from the chandelier
I'm gonna live like tomorrow doesn't exist
Like it doesn't exist
I'm gonna fly like a bird through the night, feel my tears as they dry
I'm gonna swing from the chandelier, from the chandelier
Songwriters

sábado, 22 de novembro de 2014

Schedule matinal do pimpolho

2 min - vestir e calçar
4 min - tomar o pequeno almoço
calhando - lava os dentes
30 min - pentear o cabelo

Pipoca na cozinha - Envenenados por louro

Às quintas-feiras à noite a mãe Trevo tem ioga e o pai  Trevo tem alemão. Assim, cabe à princesa fazer o jantar. Uma destas quintas a pimpolha fez bifes com natas e cogumelos e quando eu cheguei a casa ela serviu-me um pratinho da sua iguaria. À primeira garfada estranhei o sabor e comentei :
- Ò C., quanta quantidade de louro puseste na comida?
- Ora mãe, pus meio frasco de louro (um frasco de doce, note-se). Achas que pus pouco?
- Devia ter sido só uma folhinha.
- Ah!



Para compensar, uns dias de pois, ela fez um bolo mármore que estava muito bom e desapareceu enquanto um diabo esfrega um olho.

sábado, 15 de novembro de 2014

Coisas estranhas que oiço sem estar doente

- Penso que as chefias devem tirar as devidas inalações sobre o silêncio dos funcionários relativamente à questão colocada.

domingo, 9 de novembro de 2014

Legionella

Das minhas janelas avisto a zona sul do concelho de Vila Franca. Avisto as torres de refrigeração. Tenho colegas e amigos que vivem nas zonas afectadas. De ontem para hoje os casos duplicaram. Há gente a morrer. Tudo tão perto. Sinto-me apreensiva com tudo isto. Espero que se encontre o foco, que isto acalme, que se dê a volta a esta situação.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Sentes que eles cresceram de repente quando...

... o teu filho de 10 anos teima em fazer os TPC à maneira dele e não como o aconselhas a fazer.
... descobres que a tua criança mais nova começou a cheirar mal dos sovacos cheia de feromanas masculinas.
... a tua criança mais velha te comunica que o trabalho em que colabora pontualmente vai passar a ser diário (embora a tempo parcial mas mesmo assim assustador, pois ela ainda tem o 12º para concluir e tem notas para ir para universidade).
... a tua menina pergunta se pode levar uma pessoa para jantar no próximo fim de semana, sendo que a pessoa é macho, tem barba e 18 anos.

sábado, 1 de novembro de 2014

Maioridade


Esta semana fez dezoito anos que nasceu a Pipoca. Apesar de ter nascido de 37 semanas nasceu grande, cheia de refegos, com imenso cabelo, preto e rebelde. Um verdadeiro bebé dodot. 
Nestes últimos dezoito anos a Princesa cresceu, é uma rapariga bonita, interessante e empreendedora. Continua a ser uma boa aluna e está no bom caminho para entrar no curso que quer. Consegue conciliar a escola, com o trabalho e uma disciplina tão exigente como ballet. E mesmo estando tão ocupada ainda me consegue ajudar em casa. Por último há a salientar o juizinho que ela tem e a nossa cumplicidade. Eu não podia estar mais orgulhosa com este meu rebento que atinge agora a maioridade.
Pronto: agora podem me dar um lençol.