quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Hipomania ligeira mas persistente

Uma ideia peregrina no fim de Agosto em começar uma dieta rigorosa. Duas noites mal dormidas a propósito da ida da minha filha a Hamburgo. A ansiedade provocada por uma decisão que em breve mudará para sempre as nossas vidas, foram os gatilhos que detonaram mais uma crise de hipomania com o agravante que a minha médica está de férias durante o mês de Setembro e ir às urgências não é uma boa solução pois venho de lá encharcada em medicamentos. Assim, tentámos acertar a medicação. Em primeiro lugar parei logo com a paroxetina. Depois fui aumentando a olanzapina de 2,5 mg até aos 20 mg. Agora estou com 10 mg. Depois tomei o morfex como adjuvante mas parei, agora estou com 25 mg de tercian. Quanto ao lítio e ao ácido valpróico não mexi.
Tem sido duro. Todas as noites acordo e fico a cirandar pela a casa comendo coisas que não devo (lá se foi a ideia da dieta). E todas as manhãs tenho de ir trabalhar cheia de sono, com falta de concentração e exausta. Hoje o dia correu-me melhor. Produzi mais no trabalho, planeei umas coisas para um grande evento que vai acontecer em meados de Outubro, escrevi aqui, vou orientar o jantar, vou passar uma roupa a ferro e e depois ainda vou arranjar um tempinho para ler.
Isto não há como um dia atrás do outro.

Sem comentários:

Enviar um comentário