quinta-feira, 10 de julho de 2014

Quando a doença mental é só mais uma característica

O S. trabalha no mesmo departamento que eu há mais de nove anos. É gestor e as suas funções desenrolam-se na área de gestão e planeamento de custos. É um trabalho que exige concentração, responsabilidade e muita dedicação. O S. está na casa dos trinta, é alto, moreno e bem parecido. Ele é também um tipo simpático, tranquilo, inteligente e interventivo. Ao almoço gosta de comer com o mesmo grupo de amigos que eu e é sempre muito divertido não só pela boa onda de todos nós como também pelo seu sentido de humor. Ele é casado e tem um filho mais novo que o meu. Como por vezes temos convívios de colegas ao fim-de-semana pude testemunhar que ele tem uma vida familiar estável. O S. mora no mesmo bairro que eu mas aqui nunca o encontro. No entanto, às vezes, cruzo-me com ele nas consultas do HJM. O S. é esquizofrénico.

4 comentários:

  1. Tive oprivilégio de vir conhecer seu blog através do blog da Marinha minha Dinda.
    Li sua postagem onde fala do seu trabalho por ser minha primeira visita
    só quero dizer estou feliz em conhecer seu blog.
    Desejo um abençoado final da semana beijos..Evanir.
    Já estou no seu seguidor..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Evanir por tanta energia positiva.
      Fiquei curiosa em conhecer o blog da Marinha. Pode-me enviar o link? Obg.
      Beijinhos, bom fim-de-semana e boas vibrações

      Eliminar
  2. É verdade! É só mais uma característica que requer cuidados, como todas as outras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 70% medicação, 20% ambiente familiar e profissional, 10% força de vontade. E estar atento aos primeiros sinais

      Eliminar