terça-feira, 21 de maio de 2013

Dezanove

O casamento feliz não é um contrato nem uma relação. Relações temos nós com toda a gente. É uma criação. É criado por duas pessoas que se amam.
O nosso casamento é um filho. É um filho inteiramente dependente de nós. Se nós nos separarmos, ele morre. Mas não deixa de ser uma terceira entidade.
Quando esse filho é amado por ambos os casados - que cuidam dele como se cuida de um filho que vai crescendo -, o casamento é feliz. Não basta que os casados se amem um ao outro. Têm também  de amar o casamento que criaram.
Miguel Esteves Cardoso in "Como é linda a puta da vida"


Hoje o meu casamento feliz faz dezanove anos e eu não poderia estar mais de acordo com estas palavras do MEC. Nem todos os dias destas quase duas décadas foram felizes, houve muitas discussões pelo meio, muita raiva e muita zanga. Mas houve muitos momentos em que parecia não haver saída e tinhamos a mão do outro para nos agarrar. Momentos como todas as vezes em que estive doente ou quando ele perdeu o emprego. E são esses momentos que fortalecem um casamento e fazem-no feliz.
Por fim houve os nossos meninos que são a nossa principal criação.



4 comentários:

  1. As relações não são fáceis, mas valem apena :) Muitos Parabéns e que contem muitos mais ;) Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Concordo plenamente com esse texto do MEC, porque é assim que vejo não só os casamentos, mas também as relações. Cuidam-se tal como se cuida de um filho.
    Muitos parabéns pelos 19 anos de casada e espero muito sinceramente que venham outros tantos.

    ResponderEliminar