sábado, 10 de novembro de 2012

Drive

Ao mínimo índicio que a doença está a tomar conta de mim vamos ao médico. Assim, na terça fomos lá para uma consulta de urgência. Não há nada de preocupante basta tomr um SOS e ser reavaliada daí a uma semana.
Não sei se repararam que eu disse nós fomos. Eu vou a todas consultas de outras especilidades sozinha ms a esta vou sempre acompanhada pelo meu marido. Ele é um apoio, um guia para a minha vida e o facto de eu ter conseguido dar a volta por cima foi muito graças ao seu apoio.
A bipolaridade é uma doença que para ser tratada tem de envolver toda a família.
Fica aqui uma música que fala sobre isso. Este tema foi também a banda sonora da minha vida precisamente altura da minha vida em que ninguém me percebia.


Sem comentários:

Enviar um comentário